Quer saber mais? Mande um E-MAIL AQUI

testosterona

Obesidade

Uma das principais causas de ginecomastia

Diversos mecanismos tem sido propostos para a origem da ginecomastia no paciente obeso. A ginecomastia ocorre quando há um desequilíbrio entre a ação inibitória da testosterona e ação estimuladora do estrogênio sobre a mama. Esse desequilíbrio pode ocorrer devido: aumento dos níveis de estrogênio no sangue, aumento da sensibilidade do tecido mamário a níveis normais de estrogênio ou pela redução na secreção dos androgênios.

Defeitos na síntese de testosterona

Alguns indivíduos nascem com alterações em algumas enzimas no organismo que são essenciais para a produção adequada de testosterona. Com isso, além da ginecomastia que frequentemente está presente, desde antes do nascimento a genitália externa não se diferencia adequadamente na forma masculina. O mesmo ocorre nos casos de “anorquia congênita” que significa o nascimento de bebês do sexo masculino mas que não têm testículos. A ginecomastia está presente em 50% desses indivíduos.

Subscrever RSS - testosterona